Marketing de conteúdo: tudo o que você precisa saber!

Tempo de leitura: 12 minutos

De fato, o marketing de conteúdo é a ferramenta com a qual os empreendedores podem se destacar e conquistar novos clientes – através do valor agregado.

Assim sendo, para ajudar você a entender mais sobre o marketing de conteúdo, eu preparei o artigo de hoje sobre o assunto. Ficou interessado em saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

O que é o marketing de conteúdo?

Em suma, o marketing de conteúdo é uma estratégia de comunicação. Dessa forma, é oferecida ao usuário uma experiência valiosa por meio de valor agregado em termos de conteúdo.

Por isso, é importante criar valor agregado na forma de e-books, artigos ou infográfico; dependendo do tópico, canal e conteúdo

O marketing de conteúdo é uma ferramenta estratégica para que as empresas se posicionem com conteúdo relevante nos pontos de contato do grupo-alvo e, assim, influenciar a jornada do cliente e impulsionar a compra.

Por que fazer marketing de conteúdo?

1. Gere leads de maneira sustentada

marketing de conteúdo pode parecer muito trabalho para você, especialmente quando comparado a outros planos de marketing que oferecem recompensas imediatas, como listas de e-mail e pagamento por clique (PPC), onde você obtém leads em apenas alguns momentos.

No entanto, está comprovado que o marketing de conteúdo gera três vezes mais leads do que as estratégias tradicionais, e 72% das empresas o consideram um método eficaz de aumentar leads.

Ou seja, o plano de marketing de conteúdo prepara as empresas para ter um fluxo de leads previsível, escalável e eficaz.

2. É uma estratégia de longo prazo menos cara

Contratar os especialistas que darão vida à sua estratégia de conteúdo pode parecer caro, mas, em um mundo onde os consumidores analisam entre quatro e cinco conteúdos antes de entrar em contato com um vendedor, é um investimento essencial.

Na verdade, 98% dos profissionais de marketing consideram que o desempenho do marketing de conteúdo justifica o investimento. Em geral, a geração de leads pode se tornar seis vezes menos cara.

3. Aumente o reconhecimento da marca

Quando você oferece valor real para o seu público: você ouve ele, está ciente do que ele precisa para resolver seus pontos problemáticos e fornecer a ele as informações de que precisa, sua marca se torna relevante. 

O reconhecimento de marca não é algo tangível ou que pode ser medido em termos concretos, mas é o que faz com que marcas transcendam e que sejam a primeira escolha dos consumidores.

marketing de conteúdo é uma oportunidade de aumentar o reconhecimento da sua marca com uma oferta de conteúdo variada e oportuna, juntamente com estratégias como e-mail marketing e até mesmo estratégias de outbound focadas corretamente.

4. É uma estratégia de entrada

marketing de conteúdo pode ser a porta para uma estratégia de inbound que revoluciona a maneira como você vê seu negócio e marketing em geral. 

Uma estratégia de conteúdo bem organizada levará você a ver que os clientes são o centro da sua empresa e que não é suficiente querer vender um produto a todo custo. 

Em vez disso, você precisa ouvi-los para que eles venham até você por vontade própria, que tenham interações valiosas com sua marca para o dia a dia deles e que você os acompanhe além do momento da compra.

Isso não só vai te levar a gerar mais leads, aumentar o reconhecimento da sua marca ou se posicionar no mercado, mas também fará com que seu negócio cresça da melhor maneira e dure (mesmo em tempos difíceis).

Como criar uma estratégia de marketing de conteúdo?

1. Conheça seu alvo e defina sua pessoa compradora

Antes de saber como fazer uma estratégia de conteúdo, é de grande importância ter pleno conhecimento de que tipo de usuários você quer que suas mensagens alcancem.

Para isso, é essencial que você saiba como uma pessoa compradora se desenvolve. Esse é o primeiro ponto quando você quer desenvolver uma estratégia de marketing de conteúdo.

A razão básica com esse ponto é que as marcas não devem desenvolver conteúdo para a marca, mas para os usuários. Isso significa que a marca deve procurar como resolver as necessidades dos consumidores e não como vender o seu produto. 

Por exemplo, se uma marca quer interessar uma dona de casa para comprar um veículo, não deve fazer conteúdo de carro, mas conteúdo que lhe interesse para que ela acabe conhecendo o veículo. 

Um caso de uma boa estratégia de conteúdo pode ser visto no blog da marca Mitsubishi. Se você analisar o conteúdo, poderá ver que o conteúdo sempre visa resolver problemas do consumidor. 

Portanto, um bom desenvolvimento de uma pessoa compradora, vai acabar no desenvolvimento de conteúdos interessantes e atrativos para eles.

2. Desenvolva conteúdo de qualidade

A criação de conteúdo de qualidade é fundamental. Tenha em mente que uma boa estratégia de conteúdo não deve criar conteúdo por intuição. Você deve começar a partir da análise das palavras-chave. 

Existem várias plataformas que podem ajudá-lo a fazer essa análise. Recomendo o uso do Google Keyword Planner, Semrush ou Ubersuggest. Depois de fazer isso, você pode continuar criando o conteúdo. Para isso, não se esqueça de que você deve criá-lo com técnicas de SEO.

3. Conheça os canais de distribuição.

Não basta apenas saber quem é nosso público, mas você deve levar em conta os canais de distribuição através dos quais você vai amplificar esse conteúdo. Se você fizer isso da maneira certa, terá um escopo maior a seu favor. 

Além disso, você obterá mais conhecimento sobre o que eles estão procurando e em que formato estão fazendo isso. Tenha em mente que as redes sociais e a publicidade nativa são plataformas espetaculares para isso.

4. Crie conteúdo com informações valiosas.

De fato, não se deve esquecer que as estratégias de conteúdo vão além da mera descrição dos produtos de cada empresa. Lembre-se de que o conteúdo não deve ser publicitário, nem comercial, mas educativo. Isso visa compartilhar informações que tenham valor e promovam a fidelidade do cliente.

5. Lealdade aos seus clientes.

Em suma, ao produzir conteúdo digital valioso, interessante e atraente, comece seu trabalho de retenção ou captação de novos clientes. 

De fato, se você criar um bom conteúdo, será mais fácil retê-lo. Eles acharão interessante criar uma relação de confiança com a marca e seus produtos a partir da assinatura da sua newsletter.

6. Se você souber fazer estratégia de conteúdo, poderá divulgar sua empresa.

Em suma, entender como criar estratégias de conteúdo e focar seus esforços na criação de conteúdo que resolva preocupações e problemas de seus potenciais consumidores deve ser o foco da sua marca. 

De fato, se você fizer isso bem, e o conteúdo for indexado nos mecanismos de busca (Google, Yahoo ou Bing), a partir de uma boa estratégia de SEO, você poderá atrair clientes que o conhecerão a partir desse conteúdo. 

7. Planeje e estruture seu conteúdo com um bom calendário editorial

A organização e estruturação da estratégia de conteúdo é fundamental e ajuda na produtividade. Não se deve esquecer que é essencial ter um calendário editorial. Se você fizer isso bem, poderá ter controle de todo o conteúdo desenvolvido. 

Não só para ter uma lista, mas para ter clareza sobre o conteúdo para o qual o Buyer Persona foi orientado, sobre as palavras-chave em que a estratégia está focada e os objetivos que seriam tidos a cada artigo desenvolvido. 

Em suma, neste calendário editorial, os tópicos a serem abordados, a frequência e as fontes, entre outros, devem ser esclarecidos.

8. Meça o desempenho da sua estratégia com o Google Search Console

Por último, mas não menos importante, há a medição do escopo e eficácia da nossa estratégia de conteúdo. Recomendo usar o Google Search Console para medir a eficácia da sua estratégia. 

De fato, se você aprender a gerenciar essa plataforma, poderá entender qual conteúdo foi indexado pelos mecanismos de busca, qual posição está nos resultados de pesquisa, o volume de impressões orgânicas e cliques orgânicos, entre outros. 

Observe que, com esse feedback, podemos melhorar e expandir o espectro de nosso conteúdo.

 marketing de conteúdo

Dicas de marketing de conteúdo

1. Defina as métricas de conversão do seu conteúdo

Em suma, o passo mais importante de qualquer estratégia de conteúdo é definir as métricas. Estes são únicos de acordo com o setor, a natureza do negócio, o banco de dados de clientes e a fase de crescimento em que a empresa está.

Ao defini-los, você deve garantir que todos eles se comuniquem com todas as partes interessadas. Alguns exemplos podem ser:

  • O número de downloads de um whitepaper. 
  • O número de interações nas redes sociais.
  • A quantidade de leads alcançada através do conteúdo.

Mas o aspecto mais importante das métricas é que elas devem ser SMART (Simples, Mensuráveis, Realizáveis, Relevantes e com prazos específicos).

2. Crie um plano de conteúdo realista

Alcançar um plano de conteúdo que cubra todos os aspectos do ciclo de vida do conteúdo é um dos desafios mais difíceis. O ciclo de vida do conteúdo inclui as seguintes fases: ideais de conteúdo, criação, publicação, promoção, descoberta, envolvimento, administração e relatórios.

No entanto, a chave para desenvolver um plano de conteúdo bem-sucedido é saber:

  • Quem é o leitor do seu conteúdo?
  • Que tipo de conteúdo é popular entre seu público-alvo?
  • Quais são os canais que seu alvo mais usa?
  • Quais são os pontos-chave que tornam seus leitores potenciais compradores do seu produto?

Toda a sua estratégia de conteúdo deve estar alinhada respondendo a essas perguntas.

3. A execução faz a diferença  

Uma das chaves que diferencia o marketing de conteúdo de qualidade é que, de forma consistente, ele segue uma estratégia documentada.

Assim, planejamento e execução são dois pilares fundamentais para um marketing de conteúdo eficaz. No final das contas, a eficácia ou não da sua estratégia de marketing de conteúdo dependerá completamente do que você está fazendo.

4. Aproveite o poder das ferramentas e da tecnologia

O número de ferramentas e tecnologias disponíveis para fazer marketing de conteúdo está crescendo mais rápido e de forma mais eficaz. 

Desde decidir o que escrever e qual título é o mais eficaz para determinado conteúdo, até determinar quem são as maiores influências em determinadas áreas: a tecnologia é sua melhor aliada.

A chave é identificar quais se adequam melhor ao seu contexto e usá-los de forma eficaz.

5. Monitore suas métricas de conversão 

Monitore e relate constantemente as métricas de conversão do seu conteúdo. É importante que você identifique as ferramentas certas para o seu contexto e, em seguida, gaste tempo suficiente analisando os dados que obtém.

Por exemplo, um número de horas investido em um infográfico é muito maior do que aqueles dedicados à criação de um artigo de blog.

No entanto, na análise, há a possibilidade de que o infográfico tenha um escopo muito maior do que o conteúdo e, em retrospecto, tenha sido um tempo muito melhor investido, pois servirá para comunicar uma quantidade significativa de informações visualmente.

Para alcançar e monitorar a geração de leads, você deve realizar esse processo como um esforço contínuo, com base em como seu conteúdo é recebido pelos leitores e na capacidade de desenvolvimento de sua equipe de conteúdo.

6. Revise e refine seu Plano de Conteúdo com base em suas medições

Essa regra é bem simples: o que está funcionando, faça mais; o que não está funcionando, pare de fazer. Além disso, seja flexível o suficiente para experimentar coisas novas.

7. Seja paciente 

A conversão baseada em conteúdo leva tempo e esforço. Dessa forma, paciência, persistência e uma atitude positiva levam a bons resultados. Você pode não ver conversões imediatamente, mas se for paciente, poderá ver o impacto do seu marketing de conteúdo.

Conclusão

Em suma, como você pode ver através desse artigo, o marketing de conteúdo é uma das estratégias mais importantes quando se tratar em convencer o cliente a comprar algo.

Por isso, se você ainda não começou a aplicar o marketing de conteúdo na prática, eu recomendo que você o faça o mais rápido possível. Assim, os resultados logo chegarão para você!

Gostou de saber mais sobre o marketing de conteúdo? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *